O ex-prefeito e pré-candidato do governo de São Paulo, Fernando Haddad, não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Ele afirmou que o mandatário se faz de vítima. “O Bolsonaro vive de assombração sendo a própria assombração. Esse governo é muito perigoso, esse cara é um canalha que está na presidência da República. É um mentiroso”, afirmou, em entrevista transmitida nas redes sociais. Afiado, o petista também falou sobre a terceira via. “Os meios de comunicação não se deram conta. Estou falando de concessionárias de serviço público, que não estão prestando o serviço que deveriam à favor de liberdade, democracia, decência, seriedade na política e ainda passam a imagem de que outra alternativa é possível para além da chapa Lula-Alckmin. Não há alternativa”, completou o ex-prefeito.

O Instituto Guimarães constatou que a imagem do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa de Lula, atrai mais votos a Fernando Haddad do que ao próprio Márcio França, também do PSB e que concorre ao governo paulistano com o petista. Enquanto isso, na base aliada do governo, a deputada estadual Janaína Paschoal e a deputada federal Carla Zambelli disputam a preferência do presidente Bolsonaro para vaga no Senado Federal. No entanto, o nome já estaria escolhido. Tarcísio Gomes de Freitas, pré-candidato ao governo de São Paulo, confirmou o nome de Datena para a Casa.

Artigo anteriorPríncipe Charles substitui rainha Elizabeth pela 1ª vez na cerimônia de abertura do Parlamento britânico
Próximo artigoValdir Piran entende que essas dicas são infalíveis para obter sucesso no mercado imobiliário. Confira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui