Nesta quinta-feira, o Senado Federal aprovou um convite para o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, explicar as dificuldades que o país vem passando para agilizar a vacinação contra a Covid-19. Ele também vai ter que indicar quais medidas estão sendo adotadas pela pasta para promover a imunização. O líder do MDB, senador Eduardo Braga, apontou que em janeiro, cerca de três mil amazonenses morreram por falta de oxigênio, de vacina, de leitos e de um socorro médico. Segundo ele, com a anuência das autoridades. “E lamentavelmente, senhor presidente, isso aconteceu com o conhecimento das autoridades do meu Estado, municipais e das autoridades da saúde pública nacional e do Ministério da Saúde.”

A Casa Legislativa pode ter uma CPI para investigar ações e omissões do governo federal durante a pandemia. O requerimento, de autoria do senador Randolfe Rodrigues, é assinado por 30 senadores de onze partidos diferentes. Caso a Comissão Parlamentar de Inquérito seja aprovada, ela tem o poder de convocar pessoas para depor, ouvir testemunhas, requisitar documentos e determinar diligências, entre outras medidas. Na Câmara dos Deputados, a oposição vem tentando fazer um movimento semelhante para também investigar a conduta do governo na pandemia, mas até aqui, os deputados não conseguiram coletar as 171 assinaturas necessárias.

*Com informações do repórter Levy Guimarães