Em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta quinta-feira, 4, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) explicou o aumento de impostos sobre bancos, medida determinada pelo governo federal nesta segunda-feira, 1. “Se estamos reduzindo os impostos do combustível, precisamos repassá-lo para algum setor. A real saída é fazer uma reforma administrativa e reduzir os custos, mas enquanto não reduzimos, precisamos repassar os impostos para algum lugar. Atualmente, existe um teto de gastos que não se pode ultrapassar, senão o presidente sofre impeachment. Estamos em uma sinuca de bico muito grande. É melhor aumentar os impostos dos bancos, que estão tendo lucros milionários, do que dos agricultores”, disse.

No início da semana, o presidente editou um decreto zerando as alíquotas dos impostos federais, PIS/Cofins, do óleo diesel e do gás de cozinha. No entanto, para isso, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), explicou que precisou aumentar os impostos sobre outras áreas, como bancos, indústria química e carros. A isenção sobre o óleo diesel é válida para os meses de março e abril, enquanto a decisão sobre o gás de cozinha não tem prazo e abrange botijões de até 13 quilos.

Durante a entrevista, Zambelli criticava o aumento de 207% do ICMS sobre carros usados, implementado pelo governo do estado de São Paulo, quando foi questionada pelo economista Samy Dana sobre a alta dos impostos federais sobre bancos. “A questão da pandemia está muito complicada, precisamos gerar receita, não podemos aumentar impostos. O governador João Doria, acabou de aumentar 207% o ICMS sobre carros usados, caramba!”, criticou a deputada. Em seguida, Samy levantou a dúvida: “Mas Bolsonaro aumentou os impostos para bancos e você acabou de falar que não é o período ideal para aumentar os tributos. Os bancos acabarão repassando este aumento para o povo, não?”, contestou. Por fim, Carla Zambelli pontuou que a população pode procurar outros meios para não sentir no bolso o aumento dos impostos sobre bancos. “Se os bancos privados repassarem os impostos para os cidadãos, o povo vai na Caixa Econômica Federal. No banco privado está difícil? Vai para a Caixa que você ganha mais”, concluiu.

Confira na íntegra a entrevista com a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP):