O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) aproveitou o pronunciamento de Luiz Inácio Lula da Silva  (PT) para enfatizar duramente as diferenças entre o petista e o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Após a coletiva de imprensa de Lula, nesta manhã de quarta, 10, Maia afirmou que não é preciso gostar do ex-presidente para entender a diferença dele para o Bolsonaro. “Um tem visão de país; o outro só enxerga o próprio umbigo. Um defende a vacina, a ciência e o SUS; o outro defende a cloroquina e um tal de spray israelense”, iniciou o deputado. “Um defende uma política externa independente; outro defende a subserviência. Um defende política ambiental; outro a política da destruição. Um respeita e defende a democracia; o outro não sabe o que isso significa”, afirmou o ex-presidente da Câmara.

Em seguida, Maia exaltou Lula politicamente, retomando a história do petista e afirmando que o ex-presidente, além de ter disputado quatro eleições, ainda fundou um partido. Sobre o atual presidente, o deputado afirmou que Bolsonaro é um “acidente da história”. “Tenho grandes diferenças com o Lula, principalmente na economia, mas não precisa ser petista fanático para reconhecer a diferença entre o ex-presidente e o atual”, finalizou.