João Henrique Caldas, o JHC, candidato do PSB à Prefeitura de Maceió (AL), superou Alfredo Gaspar de Mendonça, do MDB, com 58,64% dos votos válidos contra 41.36% do adversário. Com a vitória, o advogado de 33 anos se consolida como uma das liderança emergente do Nordeste. Em 2014, ele foi o deputado federal mais votado de Alagoas. Em 2018, repetiu o feito e ainda virou, proporcionalmente, o que mais recebeu votos no Brasil. Curiosamente, JHC havia ficado atrás de Gaspar de Mendonça no acirrado primeiro turno (28,87% para o candidato do MDB contra 28,56% do socialista). Davi Davino Filho (Progressistas) ficou em terceiro, com 25,5%.

Caldas já havia buscado a cadeira de prefeito da alagoana em 2016, mas ficou em terceiro lugar na disputa que reelegeu Rui Palmeira, do PSDB. Em sua nova tentativa, o socialista se vendeu como uma cara nova e moderna. Uma de suas táticas foi associar Gaspar de Mendonça à administração Palmeiras e à família Calheiros. O candidato do MDB foi secretário estadual de Segurança Pública no governo de Renan Filho, principal herdeiro político do seu pai, o senador Renan Calheiros (MDB-AL).