O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), usou as redes sociais nesta quinta-feira, 14, para falar sobre o caos na saúde pública de Manaus e atribuir a culpa pelo que acontece no país à agenda promovida por “muitas lideranças brasileiras”. “A falta de oxigênio em Manaus, o atraso na vacina, a falta de coordenação com estados e municípios, são resultado da agenda negacionista que muitas lideranças promovem”, afirmou. O deputado falou mais uma vez que defende a volta das atividades no Congresso na próxima semana para garantir que “as forças se unam para salvar vidas”. O congresso entrou em recesso no dia 23 de dezembro e deve voltar apenas no dia 1º de fevereiro.