O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aproveitou a folga no feriado de Corpus Christi para visitar uma igreja e passear de moto pelas ruas do município de Formosa, em Goiás, nesta quinta-feira, 3. Durante a missa, o presidente fez uso de máscara. Assim que acabou a celebração, ele tirou foto com apoiadores na porta da igreja e andou de moto pelos arredores do Salto de Itiquira. Em seguida, o chefe do Executivo retornou para o Palácio da Alvorada, em Brasília, localizado à cerca de 80km da cidade.

O passeio não consta na agenda oficial e, de acordo com relatos de moradores do município nas redes sociais, a visita aconteceu sem aviso prévio. “Estava assistindo à missa e, do nada, quando olho para trás vejo o Bolsonaro sentado na igreja”, disse uma internauta no Twitter. Nas redes sociais, muitos apoiadores celebraram a visita e agradeceram a Bolsonaro. No entanto, outros criticaram o presidente por gerar aglomeração com os apoiadores. O passeio ocorreu um dia após Bolsonaro fazer um pronunciamento em rede nacional para celebrar a alta de 1,2% do PIB no primeiro trimestre e anunciar que toda a população nacional poderá se vacinar contra a Covid-19 ainda neste ano.

Após deixar o município e retornar para Brasília, o chefe do Executivo conversou com apoiadores do governo na entrada da residência oficial. “Apesar dos problemas, o Brasil está indo bem e tem gente que está incomodada com isso. É que não tem roubalheira. Precisa avisar o presidente e o relator da CPI da Covid-19 que não está tendo roubalheira”, disse. Bolsonaro também criticou medidas de restrição impostas por governadores estaduais durante a pandemia. “Não existe comprovação cientifica para lockdown. Zero”, completou.

Veja imagens da visita de Bolsonaro à Formosa: