O ex-presidente Lula afirmou que pode disputar as eleições presidenciais do ano que vem. A fala ocorreu em entrevista à CNN americana, na quarta-feira, 17, poucos dias depois de recuperar seus direitos políticos. No entanto, Lula ponderou algumas situações. Ele disse que não negará um convite se estiver saudável e tiver o apoio de seu partido, o PT, e de aliados. Mesmo fora do espectro político, o ex-presidente disse na entrevista que seu foco, agora, é lutar pela vacinação contra a Covid-19.

O petista, inclusive, pediu ajuda ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. A ideia de Lula é que seja convocada uma reunião da cúpula do G20 para falar sobre a distribuição de vacinas aos países mais afetados pela pandemia, como o Brasil. O ex-presidente ainda elogiou Biden, dizendo que ele é uma espécie de “alento” para a democracia.

*Com informações do repórter Fernando Martins