Segundo o urologista Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes para a obtenção de diagnósticos precisos, o urologista pode vir a pedir uma série de exames, dentre eles, o espermograma.

O espermograma, tem como objetivo avaliar a quantidade dos espermatozóides de um homem e é normalmente solicitado para identificar os problemas da infertilidade do casal e após a cirurgia de vasectomia, visando realizar  uma análise do funcionamento dos testículos.

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes explica que trata-se de um exame simples, o qual é feito por uma amostra de sêmen colhida pelo homem após a masturbação feita em laboratório. Para que não haja alterações, é necessário que o homem não tenha tido relações nos 5 dias antecedentes ao exame e esteja em jejum.

A análise, explica o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é feita em duas etapas, sendo análise microscópica e outra macroscópica. Assim, é possível avaliar a qualidade e a quantidade de espermatozóides capazes de fertilizar um óvulo. A análise macroscópica, feita a olho nú, avalia cor,pH, liquefação, viscosidade e volume. Já a microscópica avalia a concentração por mL e volume total ejaculado.

Em alguns casos, o médico urologista pode recomendar que seja feito o congelamento seminal, isso para pacientes que estão realizando ou irão realizar tratamentos quimioterápicos.

Para diagnósticos mais precisos, o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes revela que podem ser necessários exames complementares, sendo eles:

  • Espermograma sob magnificação
  • Fragmentação de DNA
  • FISH
  • Teste de carga viral.

Quer saber mais e/ou precisa de auxílio de um urologista? Entre em contato com o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes ou acesse o site: http://marcofortes.med.br/ e coloque sua saúde em primeiro lugar!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui