Com inspiração na moda marcante dos anos 70, o acessório voltou a se tornar um dos queridinhos. Deise Zuqui comenta que a partir das participantes de um grande reality show brasileiros, muitas outras mulheres passaram a aderir os lenços na cabeça, seja liso, colorido ou com estampa.

Esse acessório versátil e atemporal tem muitas utilidades, pode ser usado na cabeça, como cinto, amarrado no pescoço ou na bolsa. Para se juntar a nova tendência, basta procurar um modelo que combine com o seu estilo. O lenço é ainda mais especial quando se conhece a história dele, então confira como essa maravilhosidade surgiu.

As bandanas, apesar de parecer algo oriental ou a representação de pinturas com lenços, se tornaram populares mesmo nos EUA, por meio dos cowboys do oeste, que amarravam os tecidos no rosto ou no pescoço para se proteger do sol e evitar a poeira. Deise Zuqui conta que logo depois, no final dos anos 60, o acessório foi incorporado pela moda. Isso é bem evidente quando vemos fotos da época, com os hippies, por exemplo, que faziam a combinação dos lenços com óculos coloridos (outro ítem que está bombando). O visual voltou nos anos 2000, com um visual mais praiano e descontraído por grandes estrelas do pop, como Beyoncé. 

Para usar é muito simples: o lenço costuma ter formato quadrado ou retangular, então para utilizá-lo na cabeça é só dobrar no meio, cobrir a testa ou parte dela, juntar as pontas e amarrar sobre os cabelos. O mais legal é a versatilidade com o look e ajuda muito nos dias de ‘bad hair day’, além de proteger o couro cabeludo do sol. 

Ao combinar a estampa do lenço com o da roupa, basta coordenar as cores entre si. As estampas precisam conversar uma com a outra, nem que seja o estilo, a forma geométrica ou as cores de fundo. Deise Zuqui recomenda que o lenço seja usado com acessórios mais delicados para que o look não fique pesado demais e com muitas informações. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui