A matéria-prima do vinho são as uvas, e a uva é fruto da videira, afirma o especialista em vinhos Marco Antonio Carbonari, por isso é importante se atentar ao cultivo das uvas para resultar em uma boa colheita e, consequentemente, bons vinhos.

As videiras são plantadas em grande quantidade e há regiões que possuem maior facilidade para o crescimento e desenvolvimento, seja por conta da incidência solar e do frescor da noite, do clima da região, da incidência de chuvas também, são vários fatores que fazem de regiões específicas serem propícias para o cultivo de uvas.

Além disso, independente da região a ser cultivada a videira, é válido ressaltar que os cuidados com a planta são imprescindíveis, dessa forma, não é indicado deixar seu desenvolvimento a mercê apenas do tempo, do clima e do solo do local, ressalta Marco Antonio Carbonari, proprietário de uma importante vinícola no estado de São Paulo, a Villa Santa Maria.

Tendo isso em vista, cuidados são necessários para manter o nível de qualidade e entregar o melhor ao consumidor final, os apreciadores de vinho. O primeiro cuidado que merece atenção é em relação à poda da videira, é importante tirar elementos que não agregam no desenvolvimento da planta, dessa forma, a poda é elemento crucial para garantir o crescimento saudável da videira.

Além disso, é necessário, em tempos e tempos, adubar a plantação para que haja a reposição de nutrientes, enfatiza Marco Antonio Carbonari. Todos esses cuidados resultam no melhor cacho de uva para consumo da fruta, mas, sobretudo, para a confecção do vinho, para que haja o melhor sabor e aroma nas taças dos apaixonados por vinhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui