A Prefeitura de São Paulo confirmou, nesta quinta-feira, 14, que a volta às aulas da rede municipal e privada vai acontecer no dia 1º de fevereiro, junto ao retorno das atividades escolares do Estado. De acordo com a informações da coletiva, essa volta será cautelosa e com 35% da capacidade máxima. Os protocolos contra a pandemia da Covid-19 serão únicos para ambas esferas e em conformidade com os critérios sanitários da Secretaria Municipal de Saúde. Além disso, será implantado um sistema de monitoramento da rede de educação municipal através de escolas sentinelas. Professores com mais de 60 anos e comorbidades não vão retomar as atividades.

*Mais informações em instantes