O Governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira, 8, que as primeiras concessões de crédito fornecidas pelo banco Desenvolve SP para micro e pequenos empreendedores do estado começaram a ser disponibilizadas. Ao todo, R$ 100 milhões devem ser concedidos para empresas com faturamento entre R$ 81 mil e R$ 4,8 milhões a juros de 0,8% acrescidos de Selic, podendo variar de acordo com o setor do empreendedor. “Temos também, para os setores mais afetados, como o de eventos, turismo, bares, restaurantes, através do Fungetur, a taxa de juros de 0,41% ao mês, o prazo de até 60 meses para pagar, carência de até 12 meses”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, Patricia Ellen.

Segundo a secretária, todas as solicitações podem ser feitas completamente online, por meio do site do Desenvolve SP, e o crédito é disponibilizado de acordo com a ordem de chegada dos pedidos. Com a dificuldade dos empreendedores de conseguir avalistas, o banco disponibilizou a opção do fundo garantidor de investimentos e do fundo de aval na hora do fornecimento de crédito. O faturamento avaliado, que geralmente é o mais recente, poderá ser o do ano de 2019 ou de 2020. “Peço aos empreendedores e empreendedoras que utilizem essa oportunidade. Vamos seguir juntos. A vacina nos traz esperança e também o caminho definitivo para a retomada econômica, mas, enquanto estamos nessa fase de transição, vamos trabalhar juntos controlando a pandemia e também acolhendo os empreendedores para uma retomada econômica sustentável e com proteção dos empregos no estado de São Paulo”, pontuou a secretária.