A chegada do frio está atraindo turistas em algumas regiões do Brasil, como Minas Gerais. A previsão da Associação das Agências de Viagens é de um crescimento de 15% na procura pelas cidades mais frias do interior do estado.

Lavras Novas, um distrito de Ouro Preto, que já foi um quilombo, no período colonial, hoje é um dos destinos mais procurados por quem mora em Belo Horizonte e também por turistas de outros estados. A temperatura em Lavras Novas, geralmente, fica até dez graus a menos do que na capital mineira.

A época de frio é a mais esperada pelos comerciantes. Mas, em 2022, a estação deu uma antecipada, e os donos de pousadas já perceberam um aumento no movimento.

“Agora que a gente está começando a voltar a trabalhar na condição que a gente trabalhava antes da pandemia, e o inverno é uma boa expectativa para gente recuperar parte, pelo menos, do movimento que a gente perdeu ao longo desses últimos meses”, afirma Marcus Vinícius Barroso, dono de pousada em Lavras Novas.
O movimento está mais intenso também no sul de Minas. Na região está a Serra da Mantiqueira, bem nas divisas de Minas com Rio e São Paulo. O que não falta por lá é destino com lugar frio.

Em Monte Verde, distrito de Camanducaia, as temperaturas ficam frequentemente negativas. Os donos de hotéis, pousadas e restaurantes esperam um aumento de 40% no movimento de turistas já nos próximos dias. A esperança desses comerciantes é voltar ao movimento anterior à pandemia.

“Eu acho que a gente vai conseguir recuperar as perdas dos anos anteriores, a gente teve dois anos bem difíceis, e a gente espera e acredita que vamos recuperar, sim, porque o inverno está prometendo”, diz Rebecca Wagner, presidente da Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e região.
Outra atração mineira é a comida. A Abrasel, Associação Brasileira de Bares Restaurantes, estima um aumento de, pelo menos, 15% nos restaurantes que ficam nas regiões mais frias do estado.

Artigo anteriorValdir Piran entende que essas dicas são infalíveis para obter sucesso no mercado imobiliário. Confira!
Próximo artigoCâmara aprova urgência para Marco das Garantias, projeto que facilita crédito

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui