Os Cartórios de Notas brasileiros registraram um crescimento de 119% em atos contra fake news. A comparação engloba os quatro últimos períodos eleitorais; e aponta o uso de Atas Notariais, documento que comprova a existência de conteúdos publicados no mundo virtual e pré-constitui prova judicial; explica o diretor do Colégio Notarial do Brasil, Conselho Federal, Andrey Guimarães Duarte.

“Fatos, afirmações, matérias, posts, em geral na internet, que deturpam a verdade, criam falsos fatos e, com isso, atingem determinado objetivo, às vezes políticos. Por isso identificamos um aumento em todos os períodos eleitorais, esse aumento constante das atas notoriais, o que pode ter uma ligação direta com o aumento das fake news“, explica.A Ata Notarial, feita em Cartório, pode fazer prova sobre determinado fato ou situação, e registrou alta de 119% em 2020, na comparação com o pleito de 2014, primeiro ano de ataques virtuais eleitorais no país; quatro mil contra 8.814 na última disputa.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos