A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, 11, que o rodízio municipal de veículos será mantido durante as festas de fim de ano e férias de janeiro. Normalmente, o rodízio de automóveis é suspenso em razão dos feriados de fim de ano. Segundo a prefeitura, a decisão foi tomada “por recomendação das autoridades de saúde do município”. Com o aumento de casos, mortes e internações pela Covid-19 e volta do estado de São Paulo para a fase amarela, a medida visa diminuir a circulação de pessoas na capital paulista.

Também continuam valendo normalmente o rodízio de placas para veículos pesados (caminhões) e as demais restrições: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF), informa a nota. O rodízio de veículos impede a circulação de veículos com placas determinadas entre 7 horas e 10h e entre 17h e 20h no centro expandido de São Paulo, de segunda à sexta-feira. Se o motorista transitar em horários não permitidos, comete infração de trânsito de nível médio, com multa de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos no prontuário do condutor.

Dias da semana em que cada veículo é impedido de circular:

  • Segunda-feira: veículos com finais de placa 1 e 2
  • Terça-feira: veículos com finais de placa 3 e 4
  • Quarta-feira: veículos com finais de placa 5 e 6
  • Quinta-feira: veículos com finais de placa 7 e 8
  • Sexta-feira: veículos com finais de placa 9 e 0

Vias em que o rodízio é aplicado:

  • Marginal Tietê
  • Marginal Pinheiros
  • Avenida Bandeirantes
  • Avenida Afonso D´Esccragnole Taunay
  • Complexo Viário Maria Maluf
  • Avenida Tancredo Neves
  • Avinda Juntas Provisórias
  • Viaduto Grande São Paulo
  • Avenida Professor Luís Inácio de Anhaia Melo
  • Avenida Salim Farah Maluf.