Empresário morreu na tarde desta sexta-feira (11), vítima de uma parada cardiorrespiratória. Walter Torre Júnior, fundador da WTorre
Hélvio Romero/Estadão Conteúdo/Arquivo
Morto nesta sexta-feira (11), aos 64 anos, o empresário Walter Torre Júnior, fundador e presidente da construtora WTorre. A empresa foi responsável pela construção do Allianz Parque, estádio do Palmeiras, em 2014, e tinha projeto para reformulação da Vila Belmiro, casa do Santos, em São Paulo.
Em agosto, o Vasco também divulgou um memorando com a WTorre para a reforma de São Januário. O começo da construção está previsto para o segundo semestre de 2021 e a conclusão para agosto de 2023. O custo estimado é de R$ 275 milhões,
Torre fundou a construtora em 1981, quando era recém-formado em engenharia civil, embarcando em um projeto de 18 mil metros quadrados para a Goodyear.
Antes de fundar a construtora, aos 16 anos, o paulistano criou uma empresa de delivery e depois, quando entrou no curso de engenharia, fretou ônibus para levar alunos para a Universidade Mogi da Cruzes.
Torre criou a WTorre praticamente do zero, erguendo armazéns e buscando terrenos baldios na Vila Maria, na zona leste de São Paulo, e na rodovia Castelo Branco.
Em 2006, o engenheiro criou a Holding WTorre S.A. A e ampilou o portfólio da empresa, ao oferecer soluções customizadas dentro do setor de construção. No ano seguinte, passou a incorporar e construir projetos habitacionais.
Em meio a lançamentos e reestruturações, a construtora teve seu nome citado em 2016 nas operações Lava Jato, durante a construção de um laboratório para a Petrobras, e Greenfield, que investigou fraudes nos fundos de pensão.
Vídeos: Veja últimas notícias de economia