O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, testou positivo para coronavírus nesta terça-feira, 24. A informação foi divulgada pela assessoria da pasta. Segundo a nota, Mendonça está bem e permanecerá em isolamento em casa nas próximas semanas. Na segunda-feira, 23, o ministro esteve presente no seminário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No evento online, ele afirmou que a Operação Lava Jato não vai ser suficiente para eliminar a corrupção no país. Mendonça é o 13º ministro da gestão de Jair Bolsonaro a contrair a doença. Entre os auxiliares do presidente, foram infectados Eduardo Pazuello (Saúde), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Fábio Faria (Comunicações), Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Milton Ribeiro (Educação), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Braga Netto (Casa Civil), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral). O ex-ministro da Cidadania Osmar Terra (MDB-RS) está internado em Porto Alegre por conta de complicações da Covid-19.