O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), Waldir Sebastião de Nuevo Campos Junior, garantiu que o domingo de votação para as eleições municipais foi bastante tranquilo em todo o Estado e sem o registro de graves incidentes. “As eleições foram disputadas dentro de um quadro de normalidade, sem ocorrências que ameaçassem a legitimidade do processo eleitoral. Foi um processo dentro da normalidade, inclusive dentro dos padrões de saúde pública. A pandemia não interferiu em nada na legitimidade do pleito”, disse. O TRE admite, porém, grandes filas em algumas seções pela necessidade de higienização dos locais de votação entre a presença de um eleitor e outro.

Campos Junior estima que até as 21 horas (horário de Brasília) a votação estará concluída em todo o Estado. Excepcionalmente, uma Zona Eleitoral em Guarulhos, outra em São Sebastião e uma terceira em Carapicuíba tiveram problemas e terão um horário estendido de votação. O TRE-SP registrou 26 ocorrências no Estado, com quatro prisões, das quais três foram em Itapevi, por boca de urna, e uma em Campinas, por causa de um mesário que se ausentou das eleições. Em todo o estado de São Paulo, das 85.715 urnas, somente 609 (0,71%) foram substituídas. Apenas em São Carlos foi preciso utilizar a votação manual para substituir a urna.

*Com informações do Estadão Conteúdo