Barack Obama não terá um cargo no governo de Joe Biden. A afirmação foi feita pelo próprio ex-presidente dos Estados Unidos durante uma entrevista à emissora de televisão CBS neste domingo, 15. Obama afirmou que o presidente eleito não precisa de seus conselhos. “Eu o ajudarei como puder. Agora, não planejo trabalhar com o pessoal da Casa Branca“, reiterou. Em tom de brincadeira, ele completou que, caso aceitasse um cargo, sua esposa Michelle o “mataria”. O ex-presidente também fez comentários sobre a recusa de Donald Tump em reconhecer o resultado das eleições projetado pela mídia e as suas acusações de fraude eleitoral. “Isso tem sido decepcionante, mas tem sido algo normal nestes últimos quatro anos”, comentou Obama.

O primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos também afirmou estar desapontado com alguns congressistas republicanos que endossam essas alegações, argumentando que “obviamente eles não acham que houve fraude porque não disseram nada durante os primeiros dias”. Questionado sobre o que representa o fato de 72 milhões de eleitores terem votado em Trump, Obama disse que isso mostra que o país ainda está “profundamente dividido” e completou: “É muito difícil para nossa democracia funcionar se estamos operando em duas bases de fato diferentes”.

*Com informações da EFE