Com 69% dos votos válidos, segundo pesquisa Datafolha divulgada na tarde deste sábado, 14, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), deve ser reeleito para governar a cidade por mais quatro anos. Para ser eleito em primeiro turno, o candidato precisa de mais de 50% dos votos válidos, isto é, excluindo os brancos e nulos. Encomendado pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo, o levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Confira abaixo os percentuais de intenção de voto para os candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte:

  • Kalil (PSD): 69%
  • João Vitor Xavier (Cidadania): 11%
  • Bruno Engler (PRTB): 6%
  • Áurea Carolina (Psol): 6%
  • Nilmário Miranda (PT): 2%
  • Rodrigo Paiva (Novo): 2%
  • Luisa Barreto (PSDB): 1%
  • Professor Wendel Mesquita (Solidariedade): 1%
  • Lafayette Andrada (Republicanos): 1%
  • Marília Domingues (PCO): 0%
  • Cabo Xavier (PMB): 0%
  • Marcelo Souza e Silva (Patriota): 0%
  • Wadson Ribeiro (PCdoB): 0%
  • Fabiano Cazeca (Pros): 0%
  • Wanderson Rocha (PSTU): 0%

Em relação aos votos válidos do levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 11 de novembro:

  • Kalil (PSD) foi de 71% para 69%
  • João Vitor Xavier (Cidadania) foi de 9% para 11%
  • Bruno Engler (PRTB) foi de 4% para 6%
  • Áurea Carolina (PSOL) foi de 7% para 6%
  • Nilmário Miranda (PT) de 2% ficou em 2%
  • Rodrigo Paiva (Novo) de 2% ficou em 2%
  • Luisa Barreto (PSDB) foi de 2% para 1%
  • Professor Wendel Mesquita (Solidariedade) de 1% ficou em 1%
  • Lafayette Andrada (Republicanos) de 1% ficou em 1%
  • Marília Domingues (PCO) foi de 1% para 0%
  • Cabo Xavier (PMB) de 0% ficou em 0%
  • Marcelo Souza e Silva (Patriota) de 0% ficou em 0%
  • Wadson Ribeiro (PCdoB) de 0% ficou em 0%
  • Fabiano Cazeca (PROS) foi de não foi citado para 0%
  • Wanderson Rocha (PSTU) de 0% ficou em 0%