A Penitenciária de Paraguaçu Paulista, no interior do estado de São Paulo, está sofrendo com um surto de Covid-19, e 212 detentos infectados pela doença. Apenas na última semana, o número de contaminações cresceu 1.313%, indo de 15 casos aos 212 atuais. Além dos detentos, oito servidores da penitenciária também testaram positivo para a doença. As informações foram levantadas pelo Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (SIFUSPESP), com dados levantados desde o dia 4 de novembro. Os casos dentro da penitenciária correspondem a 30% dos 684 registrados na cidade do interior paulista. O local abriga 1.446 detentos, embora tenha capacidade para apenas 844 pessoas, o que gera uma ocupação 71% maior do que a permitida, fazendo com que a proliferação da doença seja mais rápida. O sindicato também ressaltou que a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP)  liberou retorno das visitas às unidades prisionais. Depois do surto em Paraguaçu Paulista, as visitações na unidade voltaram a ser suspensas.

Covid-19 nos presídios

Nos últimos sete dias, foram registrados 1,5 mil novos casos de Covid-19, sendo 998 em detentos e 497 em servidores do sistema penitenciário brasileiro. No mesmo período, 75 trabalhadores do sistema socioeducativo e 19 adolescentes também testaram positivo. Com isso, já foram registrados 48.204 casos da doença em estabelecimentos penais, com 210 mortes até o momento. Os dados foram levantados pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas do Conselho Nacional de Justiça (DMF/CNJ).