Mas setembro, último mês do período, dá sinais de desaceleração. O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido cresceu 15,5% no terceiro trimestre do ano – julho a setembro -, informa nesta quinta-feira (12) o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês). Com esse índice, o Reino Unido sai tecnicamente da recessão.
Embora o número reflita uma recuperação na atividade econômica, o PIB do Reino Unido está 9,7% abaixo do nível no final de 2019, comparou o ONS.
Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, o PIB caiu 9,6%, acrescentou o ONS, que afirma que diversos setores receberam impulso, inclusive construção.
No terceiro trimestre, a economia aproveitou a recuperação do consumo interno e do investimento empresarial, que ficaram congelados durante grande parte da primavera.
Em contrapartida, o mês de setembro dá sinais de desaceleração do crescimento, que subiu apenas 1,1% em relação ao mês anterior, acrescent ao ONS.