Importantes membros do partido democrata pressionaram o partido republicano a reconhecer a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais nesta quinta-feira, 12. A insistência partiu da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, e do líder democrata no Senado, Chuck Schumer, durante uma coletiva de imprensa. Eles pediram que o presidente Donald Trump considere outros temas para além da contagem dos votos e aprove com maior agilidade as medidas de estímulo econômico que combatem as dificuldades causadas pela segunda onda de coronavírus no país.

Pelosi afirmou que o atraso na transição do governo não só impacta a economia como também dificulta a tarefa de lidar com a pandemia de Covid-19. “As distorções e a negação do presidente Trump têm causado muitas mortes no país”, criticou. Schumer acrescentou que “a eleição acabou” e não existem “provas de fraude”, motivo pelo qual os senadores republicanos deveriam se concentrar em trabalhar para controlar a emergência sanitária. Na quarta-feira, 11, foram registrados 144 mil novos registros de pessoas infectadas com o coronavírus.

*Com informações do Estadão Conteúdo