Companhia afirmou que renúncia de Peter Estermann ocorreu como “sequência à preparação do GPA e do Assaí para a cisão”. Unidade da rede de supermercados Pão de Açúcar, na Zona Sul de São Paulo
Karina Trevizan/G1
O GPA, grupo dono das bandeiras Pão de Açúcar e Assaí, informou nesta quarta-feira (11) a renúncia de seu presidente-executivo, Peter Estermann, e nomeação do diretor financeiro, Christophe Hidalgo, para seu lugar, interinamente.
A companhia afirmou em comunicado que a renúncia de Estermann ocorreu “dando sequência à preparação do GPA e do Assaí para a cisão” e que Hidalgo acumulará a diretoria financeira com a presidência do grupo.
“O negócio de cash and carry, operado pelo Assaí, e o Multivarejo, operado pelo GPA, seguem sob a liderança de Belmiro Gomes e Jorge Faiçal, respectivamente. Ambos assumirão oportunamente cargos de presidente das duas companhias listadas que resultarão da cisão”, afirmou o GPA.