Ministro da Economia participou de evento sobre ‘desestatização’ promovido pela Controladoria Geral da União. Ele repetiu que há resistências no Congresso Nacional sobre a venda de empresas públicas. O ministro da Economia, Paulo Guedes, se disse, nesta terça-feira (10), “bastante frustrado” pelo fato não não ter conseguido vender nenhuma empresa estatal em quase dois anos de governo, apesar de essa diretriz estar no programa do então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, nas eleições de 2018.
“Estou bastante frustrado como o fato de a gente estar aqui há dois anos e não ter conseguido vender um estatal. É bastante frustrante. Até por isso um secretário nosso foi embora, decidiu ir embora”, disse o ministro, durante evento sobre ‘desestatização’ promovido pela Controladoria Geral da União.