Os eleitores do estado do Oklahoma, nos Estados Unidos, elegeram de forma inédita uma pessoa não-binária para ocupar uma vaga na Assembleia Legislativa regional. Mauree Turner tem 27 anos de idade, se candidatou pelo partido democrata e derrotou o candidato do partido republicano Kelly Barlean, conseguindo 71% dos votos de seu distrito de acordo com informações postadas em suas redes sociais. Turner se define como não-binário, termo que define pessoas que não se identificam com o sexo masculino nem com o sexo feminino.

Segundo seu perfil no Twitter, Turner utiliza os pronomes they/she (eles/ela). De acordo com seu site de campanha, a nova representante atuou em diversos trabalhos sociais em Oklahoma, lutando por causas como os direitos dos imigrantes e a igualdade racial. Depois da confirmação dos resultados, Turner comemorou no Twitter, dizendo ser grata pelo resultado e afirmando estar pronta para lutar pelas causas que sempre defendeu. “Eu estou sentindo muitas coisas está noite. Mas, no geral, estou grata ao HD88 [distrito de Turner] por me concederem está oportunidade. Estou pronta para lutar muito”, disse a recém eleita.  Junto com a declaração, Turner publicou uma imagem com as frases “O trabalho começa. O futuro é agora”. Ela compartilhou ainda uma postagem dizendo ser uma 13 pessoas muçulmanas que foram eleitas na eleição do último dia 3.