A pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 5, mostra Eduardo Paes (DEM) na liderança pela prefeitura do Rio de Janeiro, com 31% das intenções de voto. Na pesquisa anterior, o candidato estava com 28%. O atual prefeito da cidade, Marcelo Crivella (Republicanos), avançou dois pontos desde o último Datafolha e registra 15% das intenções de votos. Delegada Martha Rocha (PDT) se manteve com 13%. Benedita da Silva (PT) caiu dois pontos desde a pesquisa divulgada em 22 de outubro – ela caiu de 10% para 8%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Crivella lidera a corrida dos mais rejeitados com 57%. Em segundo lugar está Paes: 33% dos entrevistados não votariam no democrata. Em projeção para o segundo turno na capital do RJ, o candidato do Democratas, no entanto, ganha em todos os cenários do segundo turno, seja com Crivella, Martha ou Benedita.

Segundo a pesquisa, Paes obtém vantagem entre os mais ricos, entre os mais velhos, entre os católicos e aposentados. Ele também é a opção dos que reprovam o governo do presidente Jair Bolsonaro (34%, ante 3% de Crivella e 14% de Martha). Luiz Lima (PSL) registrou 5% das intenções de voto. Renata Souza (PSOL) e Bandeira de Mello (Rede) aparecem com 3%. Surgem com 1% dos votos Paulo Messina (MDB), Clarissa Garotinho, Cyro Garcia (PSTU) e Fred Luz (Novo). Glória Heloiza (PSC) e Suêd Haidar (PMB) registraram menos de 1%, e Henrique Simonard (PCO) não foi citado. Dos entrevistados, 16% não votariam em nenhum ou votariam branco/nulo. 2% afirmaram não saber ou não responderam. Foram ouvidos 1.064 eleitores da cidade do Rio de Janeiro entre 3 e 4 de novembro. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo.