Vagas são para atuação nos call centers próprios da Vivo em Curitiba e Fortaleza. Fachada da empresa de telecomunicações Vivo na avenida Berrini, zona sul de São Paulo
Marcelo Brandt/G1
A Vivo abriu 1.000 vagas de emprego para analista de relacionamento nos call centers próprios em Curitiba (PR) e Fortaleza (CE).
Veja mais vagas de emprego pelo país
Os interessados precisam ter o ensino médio completo, domínio de informática e pacote Office. Importante também ter um perfil consultivo, analítico, com experiência em outros mercados, além de atributos como empatia, entusiasmo, energia, foco no cliente e estar conectado com o propósito da empresa de digitalizar para aproximar, com pensamento digital e inovador.
Estar cursando ou ter completado o ensino superior será um diferencial.
Além disso, os candidatos precisam ter habilidade para trabalhar em home office, uma vez que, após um período de adaptação e treinamentos presenciais, os candidatos poderão trabalhar remotamente. Importante também ter disponibilidade de horário para atuação em escalas de trabalho que contemplam finais de semana.
A Vivo busca atrair candidatos com pluralidade de perfis, como gênero, LGBTI+, raça, pessoas com deficiência e acima de 50 anos.
As etapas do processo seletivo e a admissão serão 100% digitais. Os selecionados passarão por um programa de desenvolvimento, que contempla uma trilha de aprendizagem focada em produtos, serviços e ferramentas. Além disso, a companhia promoverá uma capacitação técnica por meio de conteúdos comportamentais para aprimorar as competências do colaborador.
Para concorrer, os interessados devem acessar a página http://talentosvivo-relacionamento.gupy.io/.
O salário é compatível com o que é oferecido no mercado. Entre os benefícios os selecionados terão vale-refeição e transporte; plano de saúde e odontológico; seguro de vida; day off de aniversário; desconto especial em linha fixa, banda larga, TV por assinatura e apps.
Assista a mais notícias de Economia: