A rede social TikTok voltou a funcionar no Paquistão nesta segunda-feira, 19, após dez dias de bloqueio imposto por causa de “conteúdos imorais e indecentes”. O anúncio foi dado pela autoridade de telecomunicações locais. “O TikTok concordou em moderar contas e conteúdo de acordo com as leis locais”, afirmou um porta-voz. Segundo agências internacionais, o país, que tem mais de 200 milhões de habitantes, tem cerca de 14 milhões de usuários do aplicativo.

O bloqueio realizado no começo de outubro foi uma medida imposta após uma série de reclamações e notificações à plataforma. As boas relações entre Paquistão e China, criadora da rede social, levaram especialistas a acreditar que o único motivo para o banimento foi o tradicionalismo do país. Em meses anteriores, países como Índia e Estados Unidos tentaram banir a rede social por um suposto roubo de dados dos cidadãos. No caso dos EUA, o banimento foi derrubado por uma decisão judicial.