A Organização Mundial da Saúde informou nesta sexta-feira, 16, que avaliará anticorpos monoclonais e outros medicamentos antivirais em seu teste de possíveis tratamentos para enfrentar o novo coronavírus. O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, disse que o estudo chamado de “Solidarity Therapeutics Trial” continuará, e que estão sendo recrutados cerca de dois mil pacientes por mês.

Ele frisou que, por enquanto, o corticosteróide dexametasona é o único medicamento que se mostrou eficaz em pacientes com quadros graves da doença. Na quinta-feira, 16, o estudo liderado pela OMS afirmou que quatro antivirais utilizados contra o novo coronavírus são ineficazes: remdesivir, hidroxicloroquina, lopinavir/ritonavir e interferon beta-1a. O diretor-geral da OMS diz que essas substâncias têm pouco ou nenhum efeito na prevenção da morte por Covid-19 ou na redução do tempo no hospital.

*Com informações do repórter Vitor Brown