O ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) ampliou sua vantagem na corrida eleitoral sobre o atual prefeito da capital, Marcelo Crivella (Republicanos) na terceira pesquisa de opinião para a prefeitura da cidade fluminense. A pesquisa Ibope foi divulgada nesta quinta-feira, 15, e ouviu eleitores entre os dias 13 e 15 do mês de outubro. Segundo o estudo, Eduardo Paes subiu de 27% para 30% entre o primeiro e o segundo levantamento do Ibope. Crivella se manteve com 12% das intenções de voto, Martha Rocha (PDT) continua com 8% e Benedita da Silva (PT) com 7%. Eduardo Bandeira de Mello (Rede), ex-presidente do Flamengo, subiu de 2% para 3%, assim como Renata Souza (PSOL), que também tem 3% das intenções de voto.

A maior ascensão desta parte intermediária da pesquisa foi do deputado Luiz Lima (PSL), que avançou de 1% para 3%. Cyro Garcia (PSTU) caiu de 3% para 2%, assim como Clarissa Garotinho (Pros), que baixou de 2% para 1% das intenções de voto. Fred Luz (Novo) apareceu com 1% na pesquisa, assim como Paulo Messina (MDB) também com 1%. Glória Eloia (PSC) e Henrique Simonard (PCO) aparecem com menos de 1%. O nome de Suêd Haidar (PMB) não foi citado pelos participantes, sendo o Ibope. O que chamou atenção neste segundo levantamento foi o grande número de pessoas manifestando insatisfação com a eleição municipal deste ano. Ao todo, segundo o estudo, 23% dos entrevistados disseram que vão votar nulo, em branco ou em nenhum dos 13 candidatos ao cargo da Prefeitura do Rio de Janeiro.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga