A polícia de Portugal prendeu na última segunda-feira, 12, três brasileiros e dois portugueses tentando traficar cerca de 170 quilos de cocaína do Brasil para a cidade de Lisboa. Os suspeitos, homens com idades entre 26 e 44 anos, foram alvos de uma operação chamada de “White Wing”, articulada pela Polícia Judiciária do país europeu. Eles usavam um jatinho particular para transportar a droga disfarçados de executivos. Segundo o órgão, o trajeto entre Brasil e Portugal seria comum para a quadrilha, mas a cidade da qual a droga era enviada não foi detalhada pela polícia.

Segundo a Polícia Judiciária, a droga em “grande quantidade” seria suficiente para a fabricação de 1,75 milhão de doses individuais de cocaína pronta para consumo. Três dos cinco presos que estavam no jato bimotor foram detidos de forma preventiva. A suspeita da polícia é que eles sejam parte de uma grande quadrilha internacional de tráfico de drogas. Em entrevista à mídia local, o coordenador do órgão afirmou que a polícia brasileira foi acionada para cooperar com as investigações. A Polícia Federal foi procurada pela Jovem Pan, mas até o momento não se posicionou sobre o caso.