Os moradores dos bairros de Jardim Cajazeiras e Pau da Lima, em Salvador, ganharam um restaurante popular nesta quinta-feira (28). A estrutura vai oferecer 500 quentinhas todos os dias, das 11h às 13h30 para pessoas carentes. O espaço também vai abrigar um centro de formação profissional com cursos gratuitos de padaria, cozinha, pizzaiolo, entre outros. A previsão é de que 2 mil pessoas sejam capacitadas por mês, após a pandemia. 

O prefeito ACM Neto fez a inauguração do restaurante popular e destacou a estrutura moderna e confortável como algumas das características do local. Ele disse também que a entrega do espaço foi um compromisso firmado com a comunidade no início da gestão, em 2012.  

“Entregamos muito mais do que um restaurante popular, em Pau da Lima, um dos bairros mais centrais da nossa cidade. Nessa região vivem e trabalham milhares de pessoas, com comércio intenso, diversidade, áreas residenciais e áreas que concentram extrema pobreza. E justamente por isso estamos entregando aqui mais um restaurante popular da nossa capital, mas que também será um centro de formação de capacitação de novos profissionais”, disse. 

O restaurante fica na Avenida Aliomar Baleeiro, a principal via da região, e tem salões amplos com mesas e cadeiras que poderão ser usadas após a quarentena. Depois que a pandemia passar as refeições serão vendidas por R$ 1. 

A titular da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Ana Paula Matos, contou que o espaço tem uma cozinha industrial que será usada para formar futuros cozinheiros. Esse é o segundo restaurante popular inaugurado pela prefeitura, e haverá parceria com o Senac e Faculdades para a implantação de novos cursos. Foram dois meses de construção até o espaço ficar pronto.

(Foto: Valter Pontes/Secom)

“Vamos ensinar panificação, a fazer pizza, doces, e culinária. Toda a estrutura da cozinha é muito ampla. Temos um açougue, então, podemos ensinar sobre corte, carne, área de lavagem, enfim. Toda estrutura do restaurante foi pensada de um modo amplo para que possamos oferecer aulas”, contou. 

Na sala ao lado, existe uma padaria escola onde pessoas em situação de vulnerabilidade serão capacitadas para se tornarem padeiros e pizzaiolos. O local também vai abrigar um posto do Sebrae, uma unidade do CRAS, fará atendimento do Bolsa Família, e oferecerá todos os servidos de assistência da Sempre. Na área ao lado do prédio serão oferecidos também curso de corte e costura, salão de beleza, informatica, espaço para empreendedorismo social, entre outros cursos profissionalizantes. A estrutura está pronta e aguarda apenas a chegada das divisórias e do maquinário.

O prefeito também atualizou os dados sobre a ocupação de leitos em Salvador. Até a manhã desta quinta-feira, 76% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 67% das acomodações clínicas estavam ocupados. Na rede privada, 79% dos leitos destinados para pacientes com a covid-19 já estão ocupados. A previsão de saturação agora é para os dias 1 e 3 de junho, quando faltariam primeiro acomodações clínica e, em seguida, de UTI. Já a redução no número de veículos nas ruas ontem foi de 43%, quase igual aos 44% do dia anterior, mas a redução de passageiros no transporte público foi maior, 82%, segundo os dados do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui