Uma recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acabou gerando uma consequência que está dividindo as opiniões dos brasileiros: o ex-presidente Lula foi liberado da cadeia após 580 dias encarcerado. O cantor Tony Gordon, vencedor da última edição do reality show ‘The Voice Brasil’, da TV Globo, sentiu isso na pele durante um show.

Um comentário acabou gerando uma situação incômoda para o músico. Durante um show na última sexta-feira (8), ele foi vaiado e não conseguiu continuar a apresentação, após ter cantado apenas três músicas na cidade de Ilhabela, estado de São Paulo.

De acordo com uma advogada que presenciou a situação, tudo não passou de um grande mal entendido e Tony Gordon não teria manifestado nenhum tipo de opinião política. A mulher, chamada Quil Pimentel, contou ao site ‘Notícias da TV’ que a confusão se iniciou na plateia, quando uma pessoa gritou “Lula livre”.

Nesse momento, Tony Gordon estava no meio do público, ainda durante a primeira canção do show. O público se dividiu entre aqueles que comemoravam a liberdade do ex-presidente e os que vaiavam em resposta.

A confusão atrapalhou a apresentador do campeão do ‘The Voice Brasil’. “O cantor entrou cantando no meio da plateia. Foi uma euforia geral. Antes de terminar essa primeira música, uma única pessoa, que estava ao meu lado, gritou: ‘Lula livre’. Daí começou um leve burburinho, outras gritaram também: metade delas gritava ‘Lula livre’, outra metade vaiava. As primeiras vaias foram da plateia para a parte da plateia que gritava ‘Lula livre’”, relatou a advogada.

Apesar da repercussão, Tony Gordon começou a apresentar a segunda música: ‘Imagine’, de John Lennon, segundo a advogada. “A música é um hino de respeito, equidade e tolerância. Mas dos grupos na plateia se provocava entre si. Até este momento o cantor estava apenas fazendo o show”, afirmou ela.

Em seguida, Tony Gordon teria tentado pedir que a plateia se acalmasse e que os posicionamentos políticos individuais fossem respeitados. Porém, a tentativa de discurso parece ter piorado a situação e parte do público entendeu que ele estaria defendendo a liberdade de Lula.

“Quando ele terminou ‘Imagine’, ele tentou falar… mas os gritos de ‘Lula livre’ ficaram mais intensos e interrompiam a fala dele. Na tentativa de tentar acalmar os ânimos, ele disse: ‘Sim, gente, Lula livre,  mas o que eu tô querendo dizer é…’”, explicou Quil.

Um vídeo da situação acabou caindo na internet e Tony Gordon é visto tentando acalmar os ânimos do público com seu discurso: “Temos um país lindo, independentemente do que estamos vivendo. Então, com muito carinho, venho pedir um Brasil melhor para todos nós. A gente segue na base do amor, cada um respeitando a opinião do outro”, diz o cantor.

A confusão foi tamanha que o cantor não conseguiu terminar a apresentação e apenas se retirou, sem dar nenhuma explicação. “Algumas pessoas entenderam que o cantor tinha concordado com o pessoal do ‘Lula livre’, mas ele não concordou, ele ia continuar falando e não conseguiu”, afirmou a advogada.

#Lula_Livre – Vencedor do The Voice Brasil é vaiado e encerra show após falar ‘Lula livre’ no palco de Festival em Ilhabela!Vencedor da oitava edição do The Voice Brasil, Tony Gordon foi vaiado e precisou encerrar um show depois de falar a frase “Lula Livre” no palco. O público reagiu negativamente quando o cantor tentou mediar o início de uma confusão entre defensores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e anti-petistas. O caso ocorreu na noite de sexta (8), no Bourbon Festival, em Ilhabela.Sob gritos de protestos e vaias, a apresentação do cantor terminou na terceira música.

Posted by Tribuna do Povo on Saturday, November 9, 2019

O canal de notícias do mundo da música e entretenimento do Cifras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui