Após o encerramento da turnê “Nossa História”, a dupla Sandy e Junior anuncia oficialmente que vai ter DVD. Os últimos shows que ocorreram em São Paulo foram registrados e estarão no material, ainda sem data de lançamento.

“A gente vai ter um DVD para ser lançado agora para esses shows de São Paulo que foram registrados, a gente vai lançar o DVD, não sei ainda exatamente a data, está entre o fim desse ano e o começo do ano que vem”, revelou Sandy em entrevista ao Gshow, site de notícias da Globo.

Ao longo de toda a turnê, circulou a notícia de que um show extra no estádio do Maracanã, no Rio, seria feito apenas para a gravação do material.

Os outros estados não devem ficar de fora do registro, no entanto. Sandy conta que muita coisa foi gravada ao longo dos shows e que pode fazer parte do material a ser lançado. A dupla encerrou a turnê com um show no dia 9 de novembro, no Rio de Janeiro.

Sandy quase não apareceu no show de São Paulo do dia 13 de outubro. A cantora passou mal na madrugada anterior, mas conseguiu subir no palco. Ela se apresentou ao lado do irmão Junior apesar de estar com uma virose “meio pesadinha”, como ela mesma definiu. A suspeita é de que tenha sido rotavírus.

Após o show, ela publicou um vídeo agradecendo aos fãs pelo apoio. “Achei que não fosse conseguir fazer o show hoje. Mas consegui. Não foi fácil. Em alguns momentos achei que fosse ter que sair do palco”, disse Sandy, agradecendo ao público que acompanhou a apresentação e também as pessoas que mandaram mensagens positivas e orações pelas redes sociais. 

“Chegar aos 50 tem vantagens e desvantagens… Não enxergamos as letras de perto, mas enxergamos os cretinos de longe”, postou o ex-governador Zé Filho, que completa 50 anos em alguns meses. (JS)

Dr Pessoa, agora no MDB, está muito animado com sua pré-candidatura à Prefeitura de Teresina em 2020. Henrique Pires é quem está botando panos quentes. Disse que ainda não é consenso no partido. (JS)

Deputados estaduais da comissão de saúde da Alepi fiscalizaram o hospital de São Raimundo Nonato e uma coisa chamou a atenção: o cheiro de tinta. Como se tivessem acabado de pintar, ninguém conseguia nem encostar nas paredes. (JS)

Um juiz do Maranhão considerou improcedente a ação de danos morais de Assis Carvalho contra Wellington Raulino. O nome mais bonito que jornalista chamou o deputado ao vivo na TV foi ‘ladrão’. (JS)

Para piorar a situação do deputado petista, ele ainda vai ter que pagar uma multa por ter declarado que não tinha condições financeiras de arcas com as despesas do processo. (JS)

Os problemas das quedas no sistema do Detran foram resolvidos! Mas calma, os usuários continuam revoltados, a desculpa agora é a falta de internet. (JS)

O jornalista Wellington Raulino não teve pena do deputado Assis Carvalho durante seu programa na TV Tropical. Os nomes mais bonitos que chamou foi ‘desonesto’, ‘ladrão’ e ‘chefe de gangue’. (JS)

Só foi o Luís André assumir o PSL no Piauí que o ex-vereador Antônio José Lira pular fora da sigla. Ele agora está no PSD, de Júlio César. (JS)

A reforma do Centro de Convenções era para ter sido entregue em março passado. Como mais uma vez a data não foi cumprida, a estratégia agora é não marcar mais data e fazer uma solenidade surpresa. (JS)

O agente que tirou um detento do presídio para capinar um terreno foi afastado pela Sejus. Os ‘mandachuvas’ da Casa de Custódia que autorizaram outro preso a sair ilegalmente para transar, continuam lá. (JS)

Antes do show da Marília Mendonça, a Strans orientou que a população fosse de ônibus para a Ponte Estaiada. Desde quando passa ônibus coletivo na Ponte Estaiada? (JS)

Por falar em show da Marília Mendonça, Wrias Moura ficou ‘P. da vida’ com os boatos de tiroteio na Ponte Estaiada. Ele até postou um print da conversa como secretário Fábio Abreu para provar a segurança do evento que ajudou a organizar.

Quem precisar ser funcionário terceirizado de órgão público no Piauí, tem que se preparar para ficar até três meses sem receber salário. (JS)

Assis Carvalho disse que em 2020 quer eleger o máximo de prefeitos do PT no Piauí. Vai precisar mesmo. Dos que foram eleitos em 2016, uma parte foi para o PP de Ciro e outros, mais recentemente, para o PSD, de Júlio César. (JS)

A tecnologia surgiu para facilitar a vida das pessoas, mas no Piauí acontece o contrário. Se não bastasse o eterno problema no ‘sistema’ do Detran, na Farmácia de Medicamentos Excepcionais o caso é mais sério, pois doentes deixam de receber seus remédios.

Único piauiense no segundo escalão do governo Bolsonaro, Avelino Neiva renunciou o comando da Codesvasf e disse em carta que ‘sofreu’ críticas dentro e fora do órgão. (JS)

Depois da saída traumática de Silvio Mendes para o PP, o ex-prefeito já foi convidado para retornar ao PSDB. Está de olho nas eleições do ano que vem, obviamente. (JS)

A Cepisa está no primeiro lugar isolada no ranking de reclamações do Procon. Os problemas mais recorrentes dos consumidores são cobrança indevida e quedas de energia. (JS)

O prefeito de Luís Correia, Kim do Caranguejo, não tem gostado das notícias sobre a situação das escolas da cidade. A assessoria está nervosa com os meios de comunicação e não deixa ninguém tirar foto dos colégios. (JS)

Antônio José Lira diz que vai ser candidato pela Prefeitura de Teresina em 2018. Seu irmão, o deputado Átila Lira, diz que pode apoiá-lo, mas que vai tentar abrir seus olhos… (JS)

A prefeita Vilma Amorim, de Esperantina, exonerou todos os comissionados e prestadores de serviços. Suas lideranças estão revoltadas e dizem que ela não ganha eleição nem para líder de bairro. (JS)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui