A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (13) dois integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) apontados como responsáveis pelo planejamento de pelo menos três assassinatos em Chapadão do Sul – a 321 quilômetros de Campo Grande – durante julgamento do “tribunal do crime”. Os suspeitos foram identificados como Vitor Otaciano Silva Freitas, 18 anos, e Breno Gomes, 22 anos.

As prisões fazem parte de ações da “Operação Vindicta”, realizada desde as primeiras horas do dia por equipes de Chapadão do Sul e Paraíso das Águas. Ao todo, são cumpridos seis mandados, dois de prisão e quatro de busca e apreensão.

Vitor, conhecido como “V.T”, e Breno, conhecido como “Charada”, eram alvos de prisão preventiva, mas também acabaram presos em flagrante por tráfico de drogas.

Segundo boletim de ocorrência, Vitor foi encontrado em uma casa da Rua Albatroz com uma porção de crack. Breno foi localizado na residência da mãe.  Segundo a polícia, chegou a tentar se livrar de porções de maconha prontas para venda ao ver os policiais. Também foi apreendido com eles dinheiro, que seria proveniente do tráfico.

Conforme divulgado pelo site Chapadense News, os dois presos são indicados como responsáveis pela distribuição de drogas e também pelas execuções na cidade, sempre ordenadas de dentro dos presídios de Campo Grande por líderes do PCC. Juntos, eles obrigavam criminosos a “trabalhar” para a facção sob ameaças de morte.

Durante as investigações, a polícia descobriu plano de execução de pelo menos três pessoas no município. Os dois foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa.

Vindicta – Essa é a segunda fase da operação na cidade. A primeira foi no final de outubro e resultou na prisão de três traficantes. Entre eles um adolescente de 16 anos, Lourival dos Santos, o Buiu de 40 anos e Lidiane Garcia Santos, de 21 anos. Na data foram apreendidas duas porções de crack, cerca de 400 gramas da droga, maconha e balança de precisão.

A operação tem como objetivo a repressão ao tráfico de drogas, furtos e assaltos e, principalmente, à atuação do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Chapadão do Sul.

O que era rápido, melhorou! Seja exclusivo, cadastre o telefone (67) 99981 9077 e receba as notícias mais lidas no Campo Grande News pelo seu WhastApp. Adicione na sua lista de contato, mande um “OI”, e automaticamente você será cadastrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui