Julia Barbosa de Souza, 29, morreu na madrugada de sábado (9), após levar um tiro na nuca dentro do carro em que ela estava com o namorado, em uma avenida de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá). O casal estava em uma Hilux quando passou a ser perseguido por outra caminhonete, o motorista teria buzinado muito, como ordem de parada, e em seguida disparou um tiro que quebrou o vidro traseiro do carro e acertou a jovem.

 

Polícia Civil está investigando caso, registrado por volta das 3h. Segundo o boletim de ocorrência, que a reportagem do teve acesso, o namorado dela relatou que trafegava por uma avenida quando ultrapassou dois carros, sendo um Gol e uma caminhonete não identificada.

 

Em certo ponto do percurso, reparou que estavam sendo seguidos pelo motorista da caminhonete, que ainda buzinou várias vezes como ordem de parada.

 

Leia também – Assaltante invade banco e rouba 4 clientes que faziam saques

No entanto, eles não pararam e quando a caminhonete se aproximou – ele não sabe dizer se foi o motorista ou se havia algum passageiro – e disparou um tiro contra o carro.

 

Conforme apurado, o Julia e o namorado são naturais do Paraná. Ele mora em Sorriso desde agosto desse ano e é responsável técnico por uma empresa ligada à agricultura. Ela estava na cidade visitando o rapaz. 

 

Em entrevista ao site JK Notícias, de Sorriso, o investigador José Carlos Souza destacou que as investigações já começaram e que a narrativa do condutor da caminhonete, o namorado da vítima, no primeiro momento, é real.

 

Souza pediu ainda ajuda da população, especialmente dos comércios e residências que tenham câmera de segurança entre as avenidas Brasil e Natalino João Brescansin, para que possam identificar a caminhonete que perseguiu o casal, bem como o autor dos disparos.

 

O corpo da jovem foi liberado pela equipe médica, encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e, em seguida, levado para o Paraná, onde ocorre velório e sepultamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui