Na preparação para o GP do Brasil, que acontece no dia 17 deste mês, o Autódromo de Interlagos recebeu testes dos procedimentos de uma corrida, neste sábado.

Sob o comando do diretor de prova Felippe Biazzi, e do diretor-médico da corrida, Dina Altmann, os profissionais simularam as técnicas de largada pela equipe de box, volta de apresentação, procedimento de bandeira vermelha, trabalho da comissão técnica, além das atividades de resgate e combate a incêndio.

Dino Altmann comentou sobre a importância do exercício de “extração do piloto” em um cockpit.

“A forma de extrair o piloto do cockpit é fundamental para seu melhor atendimento. Hoje em dia, com os dados que dispomos em rede, os médicos chegam no local do acidente já sabendo de antemão qual foi a força G da batida, que tipo de trauma físico o piloto pode ter sofrido. Isso torna o atendimento mais rápido e eficiente”.

Depois dos módulos de treinamento online e reunião geral, o simulado é o ponto alto da preparação das equipes para a corrida, há poucos dias da prova.

As atividades do GP do Brasil, em Interlagos, estão programadas para os dias 15,16 e 17. O britânico Lewis Hamilton pode correr em solo brasileiro já com o hexacampeonato garantido. Isso porque precisa de apenas quatro pontos para o título, que pode vir no GP dos Estados Unidos neste domingo.

Vídeo: Craque da Seleção, Cristiane participou do ‘Cartão Verde’ (TV Cultura)

Curta a nossa página no Facebook para ver histórias semelhantes

Dê uma classificação geral para o site:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui