Pré-candidato a prefeito de São Cristóvão, o líder comunitário aponta conluio entre presidente da Câmara Municipal e assessor do governador para rifar aliados de Marcos Santana e conquistar a vaga de vice na chapa de reeleição do prefeito.

Com atuação reconhecida no Centro Histórico e no Grande Rosa Elze, o pré-candidato a prefeito de São Cristóvão Betão do Povo reagiu com indignação à notícia que circulou na imprensa nesta segunda-feira (28) de que estaria a caminho do PSB da família Valadares.

Embora filiado ao PSD, Betão pretende disputará a eleição de 2020 por outra legenda, que não será o PSB.

Segundo Betão, a fake news de que iria se filiar ao PSB foi “plantada” na imprensa pelo assessor do governador Cincinato Mello, a pedido do vereador Paulo Junior (PSL), que tem o objetivo, “legítimo”, de conquistar a vaga de vice na chapa de reeleição do prefeito Marcos Santana (MDB).

“Cincinato fica plantando historias na imprensa a pedido da criancinha Paulo Junior, que sonha ser vice na chapa de Marcos e, para alcançar esse objetivo, pretende afastar aqueles que possam galgar essa condição. Já fizeram isso com Adilson Junior, com o vereador Diego [Prado] e agora estão fazendo comigo”, alerta Betão.

Betão afirmou que não há possibilidade de se filiar ao PSB e que não tem nenhuma ligação com os Valadares. “Em 2018, contra Valadares Filho, ajudei a eleger o governador Belivaldo Chagas, a quem admiro bastante. Respeito os Valadares, mas não sentei com eles para discutir filiação e não existe a possibilidade de eu vir a assumir o PSB em São Cristóvão”, enfatizou.

Betão destaca ainda que não tem “tara” em derrotar Marcos Santana, prefeito que considera estar fazendo uma gestão “melhor que a de todos os prefeitos do município nos últimos 20 anos”.

“Eu torço para que meu povo tenha o melhor, não faço oposição do quanto pior melhor. Quero ver minha cidade linda, arrumada, gerando emprego e renda, melhorando a qualidade de vida das pessoas. Tenho sim o sonho de administrar essa cidade, pretendo colocar meu nome à disposição, mas estou dialogando com todos, com Adilson Junior, Lauro Rocha, Marcos Santana, Capitão Samuel, Gedalva, Carlos Vilão”, destacou Betão.

Por fim, Betão frisou que não vê motivos para mudar sua relação com Belivaldo, nem tampouco com o ex-governador Jackson Barreto, políticos que foram seus candidatos em 2018 e dos quais se considera amigo. “Não há possibilidade de a minha amizade com eles mudar”, deixou claro.

Em 2016, Betão foi candidato a prefeito de São Cristóvão e foi o terceiro candidato mais votado para o cargo, com uma diferença menor que 500 votos para o segundo colocado, Lauro Rocha, tendo superado a vereadora e atual pré-candidata Gedalva Umbaubá.

Assessoria: Betão do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui