Com o lançamento do serviço de streaming Disney+, a Disney parece estar apenas no começo de um plano gigantesco para dominar por completo o mundo do entretenimento. Seja com os populares universos da Marvel ou de Star Wars, a produtora está mais forte do que nunca, e de acordo com fontes do site We Got This Covered, a casa do Mickey está de olho no mundo de Dragon Ball.

O grande perigo, porém, mora no fato da ideia envolver um novo live-action dessa amada franquia de anime, que já teve sua história manchada por um filme lançado em 2009, com atores medíocres, uma história péssima e efeitos visuais nem um pouco dignos de elogio.

Mas parece, pelo menos, que o estúdio aprendeu com o recorrente erro de todos que já tentaram adaptar um anime ou mangá: a contratação de um elenco formado por atores norte-americanos, que interpretam personagens claramente japoneses, em uma ambientação fortemente inspirada pela cultura oriental.  

De acordo com o WGTC, o novo filme vai tentar corrigir essa maldição, e contar com um elenco exclusivamente asiático, além de ter à disposição um suposto orçamento nada modesto.

Não se sabe, porém, se o projeto será baseado na trama de Dragon Ball (que acompanha a história de um Goku ainda criança enquanto descobre os poderes que tem), ou da sequência Dragon Ball Z (na qual o protagonista já cresceu e segue em diversas missões de salvar o mundo de ameaças intergalácticas).

Lançado há uma década, Dragonball Evolution tem média de 2,5 no site IMDb, e aprovação de 15% no Rotten Tomatoes.

Dumbo, Mogli e outros clássicos recebem aviso de conteúdo ofensivo no Disney+

Episódio com Michael Jackson é excluído do catálogo de Os Simpsons no Disney+

Disney+ estreia com problemas técnicos no dia do lançamento, reportam assinantes

Cena deletada de Vingadores: Ultimato mostra morte alternativa e trágica da Viúva Negra; assista

Star Wars: A trilogia de George Lucas teria sido tão controversa quanto a da Disney; entenda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui