Após quase 7 anos, Camila Pitanga enfim ganhou o processo que moveu contra o grupo Abril. Em dezembro de 2012, a Revista Playboy publicou três fotos da atriz nua sem autorização. As imagens faziam parte do filme “Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios”. Ela solicitou uma indenização de  R$ 300 mil.

O julgamento final foi conduzido pela 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), na última terça-feira (5). “Estamos muito felizes e comemorando a decisão do STJ, porque foi uma vitória. Só ficamos tristes com a demora do sistema judicial brasileiro na definição do caso.”, declarou  Ricardo Brajterman, advogado da atriz, ao site “Notícias da TV”. 

A indenização será ainda maior que a solicitada por Camila. Vai ser adicionada uma taxa de 1% ao mês desde a data de abertura do processo até sua conclusão. Os honorários advocatícios também serão acrescidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui