O presidente Jair Bolsonaro vai anunciar na terça-feira (12) que vai deixar o PSL. De acordo com a revista Crusoé, uma reunião com parlamentares apoiadores do mandatário foi marcada para as 16 horas, no Palácio do Planalto. Foi convocada também a ala ‘pró-Luciano Bivar’, presidente da sigla. Bolsonaro deve anunciar que vai criar um novo partido, ‘Aliança‘, e que os deputados que quiserem podem fazer parte.

Já em entrevista ao site O Antagonista, Bolsonaro afirmou que sua desfiliação deve ocorrer em dezembro e que as assinaturas para a criação do novo partido serão colhidas por um aplicativo. Bolsonaro, que havia revelado sua intenção em criar o Partido da Defesa Nacional, revelou o nome ‘Aliança’ para a legenda.

Apesar de ter convocado os parlamentares da legenda para o encontro, alguns não foram convocados. Entre eles, o próprio Bivar e o ex-líder da bancada na Câmara, Delegado Waldir. Além deles, o deputado federal Julian Lemos, que causou polêmica ao criticar os filhos de Bolsonaro, a ex-líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, e o porta-voz de Bivar, Junior Bozzella.

Proposta de extinguir municípios com menos de 5 mil habitantes não agrada o Congresso

Fale com a gente pelas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui